Varela Net

Varela Net

Cidade

Família reconhece corpo de mulher que trabalhava com rifas

Segundo a família, Jaiane desapareceu no dia 6 de junho

Família reconhece corpo de mulher que trabalhava com rifas

Foto: Reprodução/Redes Sociais | Por Redação no dia 06 de julho de 2022 às 04:13

Nesta quarta-feira (6), a Polícia Civil encontrou o corpo de uma pessoa na Avenida Dois de Julho, no bairro de Águas Claras, em Salvador. Posteriormente, a vítima foi identificada por uma familiar da jovem Jaiane Santos Costa, de 22 anos, que desapareceu após sair da casa onde mora, na Boca do Rio.

De acordo com informações da Polícia Civil, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foram acionadas e expediram as guias de perícia e de remoção do corpo.

A Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) tem ouvido testemunhas para concluir o procedimento de desaparecimento e deve encaminhar o caso à 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central).

Segundo a família, Jaiane desapareceu no dia 6 de junho, após sair para comprar uma passagem para Amargosa, município baiano em que pretendia passar os festejos juninos. Ela estava com um vestido e um casaco.

A jovem é mãe de uma criança de 4 anos e trabalha com a venda de rifas no bairro da Boca do Rio. 

Leia mais sobre


CidadeMorteBahiaSalvador

Outras

Mais Lidas

Ver Mais
Família reconhece corpo de mulher que trabalhava com rifas - Varela Net