Varela Net

Varela Net

Cidade

CredSalvador já liberou R$1 milhão a microeemprendedores da cidade

Como contrapartida, o empreendedor tem de participar dos cursos de capacitação e empreendedorismo e gestão financeira, para melhor aplicação dos recursos no próprio negócio

 CredSalvador já liberou R$1 milhão a microeemprendedores da cidade

Foto: Otávio Santos/Secom | Por Redação no dia 20 de janeiro de 2022 às 06:15


Com a plataforma digital lançada há pouco mais de um mês, o Programa CredSalvador já atingiu a marca de R$1 milhão na liberação de créditos. Conduzido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), o programa vem atingindo o objetivo de fomentar as atividades do segmento de pequenos negócios de Salvador, oferecendo empréstimos de forma rápida, desburocratizada e segura, com taxas de juros atrativas no mercado de 0,5%.

A grande procura tem sido registrada pelo sistema do CredSalvador, que alcançou mais de 7 mil acessos aos vídeos e provas realizadas. Em ritmo acelerado, as solicitações de microcrédito estão sendo analisadas e liberadas, caso aprovadas, atendendo, sem burocracia, uma parcela da população produtiva que, em muitos casos, não tem acesso ao sistema financeiro tradicional.

Os beneficiados são empreendedores dos setores de restaurantes, mercadinhos, lanchonetes, ambulantes, salão de beleza, eventos, padaria, dentre outros. No momento, estão em andamento 1.681 processos aprovados, representando R$1.651.907,43 em crédito.

Para a cabeleireira Marnia Gurgel, 48 anos, moradora do Imbuí, o empréstimo chegou em boa hora. Ela faz atendimento em domicílio e revende cosméticos para salão de beleza. Com o crédito adquirido, ela comprou produtos para fornecer a terceiros.

"Achei a plataforma digital do programa bem prática e sem burocracia. O tempo de carência também é bem interessante", afirma a cabeleireira. Ela contou que em uma semana recebeu aprovação de seu pedido e, em menos de 20 dias, o empréstimo foi concedido.

“Mesmo em um momento tão difícil da realidade econômica em todo o mundo, temos o compromisso de retomar a vida financeira da capital baiana e o CredSalvador é uma ferramenta ideal para atender a um segmento tão significativo para a cidade”, pontuou a secretária da Semdec, Mila Paes. Segundo a gestora, o desafio agora é acelerar ainda mais o processo de liberação de recursos, conforme prega o conceito do CredSalvador de prestar um serviço ágil e seguro.

Funcionamento – O programa foi criado como estratégia emergencial para enfrentamento dos impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19. Pelo Fundo de Crédito Emergencial de Salvador, estão sendo liberados microcréditos nos valores situados entre R$500 a R$15 mil, com carência de três a seis meses e parcelamento em até 24 meses.

Para ter acesso à linha de crédito, o empreendedor deve acessar o site https:// credsalvador. nexoos. com. br/. Para quem tem dificuldade em acessar a plataforma, a Semdec disponibilizou uma equipe de suporte do Centro do Empreendedor Municipal (CEM/Simm), pelo telefone (71) 3202-2002, e nas unidades das Prefeituras-Bairro, com agendamento para o serviço pelo site www. horamarcada. salvador. ba. gov. br . Além disso, também está disponível o atendimento da Nexoos, empresa operadora do sistema,  pelo WhatsApp: (11) 4949-5929 ou e-mail credsalvador@ nexoos. com. br .

O pretendente deve estar inserido em um dos seguintes pré-requisitos: ser Microempresário Individual (MEI) ou possuir microempresa (ME), integrar cooperativas ou associações de pequenos empreendedores, bem como profissionais autônomos e liberais, com registro, permissão e licença ou alvará de funcionamento em Salvador. O CredSalvador reserva as oportunidades para pessoas negras, garantindo o incentivo ao empreendedorismo feminino.

Como contrapartida, o empreendedor tem de participar dos cursos de capacitação e empreendedorismo e gestão financeira, para melhor aplicação dos recursos no próprio negócio.

Leia mais sobre


SalvadorInvestimentoEmpreendedorismo

Outras

Mais Lidas

Ver Mais
CredSalvador já liberou R$1 milhão a microeemprendedores da cidade - Varela Net