Varela Net

Varela Net

Cidade

Baiano preso com cocaína na Tailândia foi usado como 'mula', diz advogado

Laécio José foi detido em 13 de junho no aeroporto de Bangkok e está isolado no presídio desde então

Baiano preso com cocaína na Tailândia foi usado como 'mula', diz advogado

Foto: Reprodução/Redes Sociais | Por Redação no dia 06 de julho de 2022 às 05:42

Nesta quarta-feira (6), a defesa do baiano Laécio José Paim das Virgens Filho, 25 anos, preso ao tentar entrar com cocaína na Tailândia, informou que o rapaz pode ter sido usado como “mula” (termo usado para indicar um indivíduo que carrega entorpecentes) para levasse a droga do Brasil até o país asiático.

O baiano foi detido em 13 de junho no aeroporto de Bangkok e está isolado no presídio desde então. Ele estava com duas irmãs que moravam em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

Samara Taxma Chalegre Muritiba e Daiana Chalegre Muritiba foram detidas pela polícia tailandesa e a defesa delas afirma que ambas foram enganadas por um homem.

Em conversa com o g1, o advogado Guilherme Cedraz, que representa Laécio José, disse que não foi ele o responsável por envolver as duas irmãs no crime. 

“Eu não falo que elas ou Laécio foram enganados. Geralmente, em 99% dos casos como esse, as pessoas são ludibriadas. São encantadas pela oferta de um valor alto a receber para somente levar a droga e voltar. Garanto que não foi o Laécio que enganou as outras duas. Ele viajou com elas e os três foram presos”.
 

Leia mais sobre


CidadeTailândiaDrogas

Outras

Mais Lidas

Ver Mais
Baiano preso com cocaína na Tailândia foi usado como 'mula', diz advogado - Varela Net